Campeão da MotoGP em 2006, Nick Hayden morre cinco dias depois de ser atropelado

Cinco dias depois de ser atropelado na Itália, o norte-americano Nick Hayden não resistiu aos ferimentos e foi declarado morto nesta segunda-feira (22). A confirmação do falecimento do campeão de MotoGP de 2006 foi dada pelo Hospital Maurizio Bufalini, onde ele estava internado. De acordo com comunicado divulgado pelo hospital, Hayden não resistiu aos graves danos cerebrais e às múltiplas fraturas causadas pelo acidente da última quarta-feira. O norte-americano tinha apenas 35 anos. “A equipe médica tomou conhecimento da morte do paciente Nicholas Patrick Hayden, que estava sob cuidados desde a última quarta-feira, 17 de maio, na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Maurizio Bufalini, em Cesena, após um politrauma muito grave sofrido no mesmo dia”, informou o hospital.

Hayden estava na Itália porque disputou uma prova de Superbike, categoria em que competia, em Ímola. Na quarta-feira, ele participava de um treino com bicicleta com amigos quando foi atropelado. Imediatamente, foi encaminhado ao hospital, mas já nos últimos dias os boletins não eram animadores, sempre ressaltando os graves danos cerebrais pelo choque. A equipe de Hayden, a Red Bull Honda, chegou a informar em seu site oficial que o piloto estava acompanhado na Itália pela esposa, pelo irmão e pela mãe. Ele ocupava a 13ª colocação da temporada da Superbike. Na MotoGP, o norte-americana competiu entre 2003 e 2015 de forma consecutiva e disputou uma prova da categoria em 2016, quando substituiu o australiano Jack Miller por motivo de lesão. Em 2006, desbancou o multicampeão Valentino Rossi para faturar seu único título da categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

133 views