Corinthians joga mal e perde para o Flamengo

Artilheiro Jô rendeu pouco

Os jogadores do Corinthians foram unânimes em reconhecer que estavam displicentes na derrota por 3 a 0 para o Flamengo, neste domingo, na Ilha do Governador. Menos de uma semana antes, o time confirmou a conquista do Campeonato Brasileiro, o que colaborou com a postura relaxada diante do time carioca. “Quando é assim, você joga mais tranquilo. Em uma bola em que poderia dar um carrinho, acaba evitando, até pelo fato de já ter alcançado o objetivo. Isso aconteceu no primeiro tempo. Tivemos uma marcação mais frouxa, e isso resultou nos três gols. Serve de aprendizado para terminarmos o ano com vitórias”, comentou o centroavante Jô.

Alguns jogadores do Corinthians nem sequer foram ao Rio de Janeiro. Com o atacante Clayson suspenso, o técnico Fábio Carille ainda preservou o lateral esquerdo Guilherme Arana e os meias Rodriguinho e Jadson. O lateral direito Fagner foi reserva do prata da casa Léo Príncipe. Para o meia Marquinhos Gabriel, substituto de Clayson, tratava-se de uma chance de mostrar serviço. “Só que entramos displicentes. Não podemos ter essa desatenção. No terceiro gol, errei o passe. Acontece, mas precisamos entrar mais concentrados, mesmo com o objetivo já conquistado. Foi um dia infeliz”, lamentou.

O volante Camacho, que atuou improvisado na função de Rodriguinho, fez coro com o companheiro. “Deixamos muito a desejar no primeiro tempo. Entregamos três gols para eles. Tomamos uma bronca no intervalo e entramos mais ligados no segundo tempo”, disse, de olho na sequência da competição. “Espero que a gente possa fazer um grande jogo contra o Atlético-MG, no próximo domingo, diante da nossa torcida.”O Corinthians terá um bom motivo para estar mais concentrado na penúltima rodada. O confronto com o Atlético-MG servirá para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) premiar a equipe como campeã brasileira de 2017.

Santos vence reservas do Grêmio e se garante na pré-Libertadores

Não foi desta vez que o Santos voltou a encantar seu torcedor. Apresentando um futebol pragmático, o Peixe foi pressionado pelos reservas do Grêmio, mas contou com um gol de Copete para vencer por 1 a 0, na noite deste domingo, na Vila Belmiro, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo, o alvinegro chegou aos 59 pontos, manteve-se na quarta colocação e confirmou a classificação para a Libertadores. Porém, como o Flamengo também venceu o Corinthians e ficou com 53, os santistas ainda não garantiram matematicamente a vaga direta na fase de grupos do torneio continental.

O Grêmio, por sua vez, segue em segundo, com 61, mas pode ser ultrapassado pelo Palmeiras, que pega o Avaí nesta segunda-feira, na Ressacada. Na 37ª rodada, o Santos visita o Flamengo na Ilha do Urubu, no próximo domingo, às 19h00 (de Brasília). O Tricolor Gaúcho, por sua vez, volta suas atenções apenas para a final da Libertadores. O primeiro jogo contra o Lanús acontece nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na arena gremista.

Wanderson faz contra, mas Atlético-PR bate o Vasco

 O Atlético-PR mostrou força em casa e venceu por 3 a 1 o Vasco, neste domingo, na Arena da Baixada. Com o resultado, os paranaenses chegaram a 48 pontos, se afastaram da degola e voltam a sonhar com um lugar na Libertadores. Já os cruzmaltinos permanecem com 50, viram a invencibilidade de 11 jogos acabar e ficarem mais longe do G-7 do Campeonato Brasileiro.

A partida foi disputada em ritmo acelerado, principalmente no primeiro tempo. O Atlético-PR abriu o placar com Thiago Heleno. Só que o Vasco empatou sem seguida, após gol contra de Wanderson. No segundo tempo, os donos da casa decretaram a vitória com gols de Douglas Coutinho e Fabrício. Na próxima rodada, o Atlético-PR vai até Florianópolis para enfrentar o Avaí, no próximo domingo. No mesmo dia, o Vasco terá pela frente o Cruzeiro, no Mineirão.

Em noite de Otero, Galo vence o Coxa e sonha com Libertadores

 

O grande objetivo no momento atleticano é conseguir uma vaga na Copa Libertadores 2018. E mais um importante passo para a equipe mineira foi dado na noite deste domingo, ao vencer o Coritiba, por 3 a 0, com direito a golaço de Otero, no Independência, em duelo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. A rodada até certo ponto ajudou. O Flamengo venceu o líder e campeão Corinthians e está com 53 pontos, três a mais que o Galo. Já o Botafogo, outro concorrente, ficou no empate e está somente a dois de diferença. O Atlético-MG tem 50 tentos, na oitava posição, ganhando a colocação do Vasco, que perdeu para o Atlético-PR.

Conseguir uma vaga na Copa Libertadores em 2018 pode mudar o futuro do Atlético. O time para a próxima temporada pode ter mais ou menos reforços de acordo com a possibilidade de disputar um dos mais importantes torneios do mundo. A vitória sobre o Coritiba mostrou um Atlético diferente no Brasileirão. A equipe que ganhou o status de ser uma das piores campanhas dentro do Independência, desta vez soube se comportar em casa, se impôs e contou com a noite inspirada do atacante Rômulo Otero que fez dois gols – um deles uma pintura do meio de campo, que nem Pelé fez. O Galo volta a campo contra o Corinthians, no domingo, às 17h00 (de Brasília), em São Paulo. Já o Coxa recebe o São Paulo, no Couto Pereira, no mesmo dia e horário.

Cueva joga, mas São Paulo só empata com o Botafogo no Pacaembu

Não adiantou ‘perdoar’ Cueva. Mesmo com o peruano em campo no segundo tempo, o São Paulo não passou de um empate sem gols contra o Botafogo nesse domingo e chegou aos quatros jogos seguidos sem vitória. Com Hernanes suspenso, faltou criatividade ao time de Dorival Júnior, que pouco criou com Lucas Fernandes e Shaylon na armação da equipe. Mesmo assim, Lucas Pratto ainda teve a bola do jogo, mas acabou carimbando a trave. Dessa forma, agora a duas rodadas do fim do Campeonato Brasileiro e com 46 pontos, o Tricolor já não corre mais risco de rebaixamento.

Por outro lado, o Botafogo segue firme na briga por uma vaga na próxima Libertadores da América ao alcançar os 52 pontos mesmo com a fase ruim. Agora são três partidas sem saber o que é vencer. Antes da bola rolar, surgiu uma notícia que mexeu com os torcedores são-paulinos. Cueva, que havia ‘sumido’ no sábado, chegou na Capital Paulista de madrugada, se apresentou e, depois de uma conversa com a comissão técnica e a diretoria tricolor, foi integrado ao grupo às pressas. Dorival, no entanto, manteve a formação inicial intacta e deixou o peruano no banco de reservas.

Sport vence o Bahia e segue vivo na luta contra o rebaixamento

O Sport segue somando pontos na briga contra o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe recebeu a visita do Bahia e, após muito martelar, venceu pelo placar de 1 a 0 – após quase quatro meses sem vencer no Brasileirão. O único gol da partida foi marcado por Marquinhos, após passe de André. O Leão da Ilha não fez uma partida impecável, e perdeu muitas chances claras de gol. Diego Souza, principal nome do time, não esteve em seu melhor jogo. Pelo lado do Bahia, a equipe entrou com o pensamento na vaga para a Libertadores e pouco produziu.

Com o resultado, o Sport chegou a 39 pontos e igualou a Ponte Preta em número de pontos, mas o clube paulista ainda entra em campo nesta segunda. Com duas rodadas para o fim da competição, o Leão ocupa a 18ª colocação e enfrenta Fluminense e Corinthians. Já o Bahia, com 49 pontos, desceu para a décima posição e vê o sonho de ir à Libertadores cada vez mais longe. O Tricolor tem pela frente Chapecoense e São Paulo.

Atlético-GO empata com a Chape em casa e cai para a Série B

O Atlético Goianiense não conseguiu postergar seu rebaixamento para a Série B. Neste domingo, com um gol de Luiz Fernando nos minutos finais, o Dragão empatou com a Chapecoense por 1 a 1 e teve seu descenso carimbado para a Segundona.Com o resultado, os comandados de Gilson Kleina chegaram aos 48 pontos conquistados, com 13 vitórias, nove empates e 14 derrotas. O Verdão do Oeste não perde há oito partidas no campeonato. Por outro lado, o Atlético Goianiense continua na lanterna isolada, com 34 pontos.

O Dragão já teve sua queda decretada pois, em um cenário que a Ponte Preta não vença o Fluminense amanhã, a equipe ainda poderia chegar em número de pontos que a livraria da queda, mas a Macaca enfrenta o Vitória, outro adversário na luta contra o rebaixamento, na 37ª rodada. Qualquer resultado dessa partida entre campineiros e pernambucanos impede que o Atlético saia da zona da degola.

Na próxima rodada, a Chape vai até a Arena Fonte Nova para encarar o Bahia, outra equipe que se livrou recentemente do rebaixamento com uma boa sequência e que sonha com Libertadores, às 19h00 (horário de Brasília) do próximo domingo. Já o Dragão, sem pretensões na disputa, viaja até o Rio Grande do Sul para enfrentar o Grêmio, às 17h00 (horário de Brasília) do mesmo dia.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

224 views