Filho de Teori Zavascki não descarta assassinato do pai

Filho do ex ministro do STF não descarta hipótese de atentando.

Prestes a completar um ano no dia 19 de janeiro do acidente aéreo em Paraty que resultou na morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, e mais quatro pessoas, as investigações acerca da queda da aeronave ainda não foram concluídas. O filho mais novo da vítima, o advogado Francisco Zavascki afirmou que não descarta assassinato do pai.

O advogado já havia levantado a hipótese dias depois da fatalidade em um post em seu perfil no Facebook. “Não tenho como não pensar que não mandaram matar o meu pai!”, escreveu à época. Depois de quase 12 meses, ele afirma que ainda não conformou com a perda. “Parece que foi ontem e, ao mesmo tempo, parece uma ferida que nunca sara”, disse em entrevista ao site UOL.

Apesar de não descartar o assassinato, Francisco é cauteloso. “Quero acreditar que foi um acidente; eu ficaria mais feliz se descobrisse que foi – até porque, não tenho nenhum dado objetivo que diga que foi ou não um homicídio, já que as investigações não terminaram. Quero ler as conclusões [do inquérito] e tirar as minhas próprias conclusões”, comentou.

Ele afirmou ainda que a demora para obter respostas sobre o ocorrido é uma ‘agonia’ para a família. “Imagino que, em um caso dessa repercussão, a polícia esteja tomando todas as medidas cabíveis e adotando todas as precauções para que se tenha a conclusão mais segura possível. Mas acho que se justificam as ilações de que também possa ter havido homicídio, já que eram tantas as coincidências e já que o momento era tão propício”, disse.

Resposta da FAB

Em resposta, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou por meio de nota que o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), órgão responsável pela apuração, “não trabalha com prazos para a investigação de acidentes”. Além disso, esclareceu que “o processo é proporcional à complexidade da ocorrência.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

162 views