Pegando na Veia

Lá como cá

As falcatruas no futebol não são exclusividade da cartolagem brasileira. E nem os ídolos, por vezes, quando se metem com a política do esporte, escapam à tentação de fazer mal feito. O Diário Popular, de Buenos Aires, apresentou ontem documentos que comprometem o ex-técnico do Corinthians e ex-presidente do River Plate Daniel Passarela, em irregularidades que vão de transações fictícias de jogadores a pagamentos de serviços inexistentes de segurança e manutenção do Monumental de Nuñez. Não é a primeira onda de denúncias contra o ex-capitão da Argentina. Em 2014 ele já fora acusado de  “administração fraudulenta durante sua gestão na presidência do clube. Desde então está respondendo a processo judicial. As novas provas, contudo, agravam ainda mais sua situação e podem representar uma condenação iminente.

Julgamento

O Avaí vai protocolar hoje, no STJD, uma notícia de infração contra o árbitro Paulo Vollkopf e os membros da equipe de arbitragem. O intuito é apurar se houve ou não interferência externa na anulação do pênalti contra o Flamengo, no jogo deste domingo, no Barradão.  O clube não está disposto a deixar o assunto morrer – o presidente estará no Rio hoje, cobrando providências da CBF. No entanto, o Azulão desistiu de chamar o narrador Luís Alberto, que transmitia o jogo na TV Globo, para prestar depoimento. A ideia foi do advogado Osvaldo Sestário, defensor do clube no STJD, que queria explicações sobre a frase “Ih, rapaz. Vai consultar a gente de novo”, dita pelo narrador, pouco antes da anulação do pênalti.

Tudo muito mal

Ninguém é santo na novela envolvendo Palmeiras, Fluminense e Richarlison. Pelo que se deduz da postagem do jogador, ontem em redes sociais, o Verdão fez a ele uma proposta de transferência antes mesmo de saber se o Fluminense queria fazer negócio. O que, no mínimo, não é de bom tom. O Tricolor, por sua vez, tropeça nas próprias pernas: um dia diz que o atacante não sai, no outro admite negociá-lo. Fica até parecendo que tudo é só um jogo de cena para aumentar a proposta. Mas acaba desgastando seu próprio produto. Já o jogador – que pediu para não jogar no sábado – emite o tal post desastrado em que se derrete para o Palmeiras, claramente forçando a barra para sair, um papel muito feio e que, se o negócio não se confirmar, vai lhe custar caro junto a torcida do Flu.

Absolvida

A Chapecoense foi absolvida pelo STJD pelos tumultos no jogo contra o Cruzeiro, na Arena Condá, pela Copa do Brasil. Mas o clube sofreu punições:  o zagueiro Victor Ramos pegou um jogo de suspensão e o lateral-esquerdo Reinaldo levou um gancho de dois jogos. Além disso, dois diretores da Chape foram suspensos 15 dias de atividades no futebol. Do lado do Cruzeiro, Mano Menezes também foi absolvido.

De volta

Léo Príncipe está de volta aos treinos do Corinthians e poderá estar à disposição do técnico Fábio Carille já na rodada do fim de semana. Ele está afastado do time há mais de um mês, por conta de um estiramento muscular na coxa esquerda num jogo da Copa Sul-Americana, contra a Universidad de Chile.

A falta de reforços no Botafogo

Está tirando Jair Ventura do sério. O treinador, ontem, foi ríspido ao tratar da precariedade do elenco alvinegro: “No momento mais importante do ano estou perdendo jogadores. Eu sei quem vai pagar a conta: sou eu!”, disparou sem disfarçar a preocupação com a saída de Sassá (Cruzeiro) e Joel (Avaí), sem serem substituídos, e o excesso de jogadores da base que está sendo obrigado a usar.

Luís Fabiano

Será poupado pelo Vasco da partida de amanhã contra a Chapecoense na Arena Condá. A ausência, para evitar o desgaste da viagem, quebra uma sequência afiada do goleador. Se precisou de sete jogos para marcar o seu primeiro gol com a camisa do Vasco, ainda na Taça Rio, o Fabuloso desinibiu-se e, nas últimas cinco partidas, balançou as redes cinco vezes. Uma média de um por rodada. É o melhor início de Brasileirão de um atacante cruz-maltino desde Marcelinho Carioca, em 2003. Naquele ano, o Pé de Anjo deixou sua marca seis vezes nas seis primeiras rodadas do Brasileiro, atingindo este número de gols ainda no 5º jogo.

O Internacional começa

Uma maratona de três jogos fora de casa em quatro rodadas, na briga para chegar à liderança da Série B. O time enfrenta hoje o América-MG, no Independência, em Belo Horizonte. O Colorado ocupa a terceira posição da tabela, precisa vencer o Coelho e torcer por derrotas do Juventude e do Guarani que jogam em casa. O técnico Guto Ferreira montou um time ofensivo, com Marcelo Cirino, Willian Pottker e Carlos no ataque. O goleiro Marcelo Lomba recuperado, voltou a ser relacionado.

O Irã é a terceira seleção classificada 

Para a Copa de 2018, depois da Rússia, país sede, e do Brasil. O time dirigido pelo português Carlos Queiroz derrotou o Uzbequistão por 2 a 0, jogando em Teerã, e garantiu a vaga com duas rodadas de antecedência em seu grupo das eliminatórias asiáticas. Será a quinta participação iraniana em copas do mundo.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

142 views