Prefeitura reativa serviço de mamografia em Ponta Porã

Serviço de mamografia será restabelecido no ´João Kayatt´ (Foto Lécio Aguilera)

A Prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Saúde, reativa nesta quinta-feira (19), o serviço de mamografia no Centro de Especialidades Médicas ´João Kayatt´. O atendimento nessa área estava desativado desde a gestão passada, quando a população ficou sem o serviço. Assim, a administração do prefeito Hélio Peluffo Filho garante a volta do atendimento e vai na contramão do que vem acontecendo em todo o país, onde os municípios enfrentam dificuldades para manter a atenção básica aos pacientes. Em Ponta Porã, todos os postos de saúde estão sendo reestruturados e receberão móveis novos.

O secretário de Saúde, Patrick Derzi afirmou que a reativação dos exames de mamografia é uma questão de honra colocada pelo prefeito Hélio Peluffo Filho desde o início da gestão. “O prefeito nos colocou esse desafio e garantiu suporte para retomarmos os atendimentos”, enfatiza o secretário. A mamografia é um exame radiológico para avaliação das mamas, feita com um aparelho de raio-X chamado mamógrafo. Pode identificar lesões benignas e cânceres, que geralmente se apresentam como nódulos, ou calcificações.

Este exame é usado para detecção precoce do câncer de mama antes mesmo de ser identificado clinicamente por meio da palpação. A principal indicação da mamografia é para o rastreamento do câncer de mama. Nesse caso, a mamografia deve começar a ser feita a partir dos 40 anos, anualmente, para mulheres da população geral. Porém, para aquelas que possuem casos de câncer de mama na família, em parentes de primeiro grau (mãe, irmã e/ou filha), o risco de câncer de mama pode ser maior que o da população geral. Nestes casos, a mamografia pode começar a ser feita 10 anos antes do caso mais precoce entre as parentes que tiveram a doença.

Por exemplo: se uma mulher descobriu um câncer de mama aos 40 anos, sua filha deve começar a fazer mamografias anualmente aos 30 anos. A mamografia, porém, não é recomendada antes dos 25 anos porque a mama é mais susceptível à radiação nessa faixa etária. Mesmo mulheres que tiveram casos familiares muito cedo (aos 30 anos, por exemplo), devem esperar até os 25 para fazer a primeira mamografia. Antes disso, a indicação nesses casos são ultrassonografias. O prefeito  reiterou que a melhoria dos serviços de saúde é prioridade e afirmou que toda equipe da secretaria, capitaneada pelo médico Patrick Derzi, tem feito excelente trabalho voltado para melhor atender a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

211 views